Notícias


Tudo pronto para as férias?

Antes de pegar a estrada (avião ou embarcação) é preciso fazer um check-list para verificar se está tudo em dia e prevenir aborrecimentos na volta
   07/08/2018
   

As férias são aquele período em que todos buscamos fugir da rotina, esquecer dos compromissos e relaxar. Porém, antes de pegar a estrada (avião ou embarcação) é preciso fazer um check-list para verificar se está tudo em dia e prevenir aborrecimentos na volta. Por isso, algumas ações como contratar seguro residencial e do automóvel, programar as contas para o débito automático e organizar as finanças garantem que você possa aproveitar ao máximo o período de descanso. Além disso, se você não se organizou financeiramente para estas férias, vale a pena já ir programando aquela viagem dos sonhos para as próximas.

Começando pela casa, os primeiros cuidados básicos devem ser tomados pelo próprio morador, afinal, em muitas regiões brasileiras, é comum a ocorrência de raios, o que ocasiona sobrecarga de energia na rede elétrica e, em alguns casos, pode queimar os aparelhos que estiverem ligados na tomada. Para evitar prejuízos, é recomendável a contratação de um seguro residencial para que se viaje com mais tranquilidade. Vale ressaltar que ele não garante que a moradia esteja livre de sinistros, mas trata-se de uma garantia de proteção aos seus bens e atendimento em caso de problemas.

Depois da atenção com a residência, é preciso pensar que, se a viagem for de carro, é necessário redobrar os cuidados antes de sair com o automóvel. O Sicredi oferece seguros com assistência 24 horas, com coberturas para o caso de problemas com o carro, sejam eles mecânicos ou acidentes de trânsito. Outro benefício bem importante é o transporte alternativo para continuação da viagem ou retorno ao domicílio do segurado, além de hospedagem em hotel em caso acidentes em viagem. Se a viagem de carro for para fora do Brasil, será necessário a contratação da Carta Verde, um seguro obrigatório para veículos que ingressam em países-membros do Mercosul, que tem como objetivo proteger terceiros afetados por acidentes de trânsito.

Para as compras e outras despesas fora do País, você também pode contar com a praticidade de um cartão de crédito e débito internacional, que possibilita facilidades como limites especiais com até 40 dias para pagamento e, de acordo com a bandeira, outras vantagens como descontos em hotéis, restaurantes e lojas, além de assistência 24 horas no Brasil e exterior. Outra boa opção é o cartão pré-pago internacional, que funciona para saque ou compra no exterior, com ele você pode criar uma “poupança” em moeda estrangeira comprada no momento de taxa de câmbio mais favorável.

Outro ponto que não deve ser esquecido são as contas para pagar. Com a empolgação do período de férias, é muito comum deixar de lado contas como água, luz e telefone, que podem ser cadastradas em débito automático para evitar o esquecimento durante as férias.  É justamente nessa época que chega a maior parte delas: IPTU, IPVA, rematrícula escolar, entre outras despesas.

Um outro erro muito comum que as pessoas cometem é gastar demais nesse período, acumulando despesas que não cabem no orçamento. Por isso, é importante o planejamento das férias ao longo do ano. O Sicredi disponibiliza opções de aplicações como, por exemplo, poupança, fundos investimento ou de renda fixa e para seus associados, que podem contar com o Gerenciador de Investimentos, uma ferramenta de educação financeira disponível por meio do internet banking e aplicativo para mobile do Sicredi. O aplicativo permite cadastrar os objetivos, fazer seus investimentos e acompanhar a evolução por meio de gráficos, visualizar os detalhes da movimentação, simular quanto precisa poupar e quando vai atingir suas metas.  Com isso o retorno da sua viagem, momento em que costumamos estar cheios de compromissos para pagar, será bem mais tranquilo.

Se você não conseguiu se organizar para aproveitar estas férias da maneira sonhada, vale a pena já ir se organizando para as próximas. Uma boa opção, ainda não tão utilizada pela maioria, é autofinanciar-se por meio de um consórcio. Você define quanto precisará faz uma espécie de “poupança programada” com depósitos mensais. O prazo é de 36 meses, mas antes disso você pode ser contemplado por sorteio ou com lances fixos e livres.  
Enquanto estiver fora de casa, além das nossas mais de 1500 agências e 4600 caixas eletrônicos, você pode contar com os nossos canais na internet e para celular e outros dispositivos móveis, além dos serviços por telefone. Então, depois de conferir todo o check-list, é só fazer as malas e aproveitar as merecidas férias!